Historia da Festa Junina: Origem, Danças e Receitas


Historia da Festa Junina: Origem

Historia da Festa Junina
Quadro de Militão dos Santos

Muitas são as explicações a cerca da origem e historia da festa junina. Ao longo de nossa pesquisa podemos verificar algumas delas e procuramos trazer um resumo da explicação mais aceita. A mais aceita fala que a festa junina surgiu numa época anterior à era cristã entre 1250 A.C e 1300 A.C como um culto ao sol e a colheita das plantações.

As festividades aconteciam quando os "bárbaros"(povos assim denominados pelos romanos. Encontra-se nesta categoria: Celtas, Vikings, Iberos, Lusitanos, Gauleses, ...) comemoravam a chegada do solstício (palavra que vem do latim e significa sol estático) de verão, que ocorria no dia 22, 23, ou ainda 24 de junho. Como os Romanos eram uma nação conquistadora os próprios Romanos acabaram por assimilar os rituais dos povos que o praticavam e dedica-lo a deusa Juno.

O solstício é o momento em que o Sol para de se afastar e passa a incidir sobre o hemisfério norte. Os cultos eram de origem pagã em rituais de abundância e fertilidade. Havia sacrifícios de animais e oferendas de comida na intenção de afastar os demônios, pestes e estiagem.

O cristianismo apenas teria convertido os cultos em festa cristã. A igreja católica não conseguia combater os cultos então decidiu cristianizá-los no inicio da Idade Média, instituindo com isso dias de homenagens aos três santos juninos: Santo Antônio, São Pedro e São João.

Historia da Festa Junina - Santos Juninos: Santo Antônio de Pádua



Santo Antônio - Santos JuninosSanto Antônio morreu em 13 de junho, em Pádua, Itália, aos 36 anos. Nasceu em Lisboa, Portugal, em 1195. A tradição popular lhe atribui caráter brincalhão e a fama de ser um milagroso casamenteiro, venerado pelas moças solteiras. É o santo a quem se recorre para achar objetos perdidos. Como santo português, no século XIII foi incorporado às comemorações juninas em Portugal e trazido pelos colonos para o Brasil. 

Historia da Festa Junina - Santos Juninos: São João Batista


São João - Santos Juninos
Nascido em 24 de junho, primo de Cristo e precursor do Messias. O catolicismo associou sua tradição à festa pagã da fogueira. Assim, segundo a lenda, Isabel, a mãe de São João, teria anunciado o nascimento do filho à irmã, Maria, mãe de Jesus, acendendo uma fogueira em clima de um morro. A fogueira virou bom presságio. São João foi degolado por ter denunciado o adultério de Herodes com a cunhada, Salomé.


Historia da Festa Junina - Santos Juninos: São Pedro


São Pedro - Santos Juninos
Morto em 29 de junho. O primeiro dos apóstolos, segundo o Evangelho, era considerado um homem de temperamento impulsivo, mas leal, expansivo e generoso. Morreu crucificado sete anos depois de Cristo. Acredita-se que seu corpo foi enterrado exatamente onde hoje se segue a basílica do Vaticano, em Roma. São Pedro foi o primeiro Papa católico e é objeto de devoção em Portugal.


Historia da Festa Junina: Quadrilha Junina


Da França veio às danças marcadas (típica das danças nobres) e isso influenciou diretamente em nossa típica quadrilha junina, vindo a se popularizar no Brasil no século XIX. Em se tratando dos fogos de artifício isso veio da influência Chinesa. Da península Ibérica veio às danças com fitas, que ate hoje é bem vivido ainda na Espanha e em Portugal. Tudo isso ao logo dos anos foram se misturando aos aspectos culturais brasileiros (imigrantes europeus, afro-brasileiros, indígenas), tomando características particulares em cada região do país.



Historia da Festa Junina: Comidas de Festa Junina

Não podemos nos esquecer que no Brasil, antes da chegada dos jesuítas portugueses (membro da Companhia de Jesus, que é uma ordem religiosa) os índios que habitavam o Brasil já faziam rituais durante o mês de junho. Embora a época no hemisfério sul coincide com o inicio do inverno, eles faziam várias celebrações ligadas à agricultura, com cantos, danças e muita comida junina. Mas com a chegada dos jesuítas, os costumes indígenas e o cunho religioso dos da igreja nos festejos juninos se fundiram. Tudo isso pode ser visto quando aqui se é celebrado os santos católicos oferecendo também uma variedade de pratos juninos feitos com alimentos típicos dos nativos.


Comidas Juninas

Todos sabem que no mês de junho é época da colheita do milho e grande parte das comidas de festa juninas como doces, salgados e bolos ligados às festividades juninas são feitos deste alimento: Pamonha, Curau, Milho Cozido, Canjica, Cuscuz, Pipoca, Bolo de Milho, Arroz Doce, Baba de Moça, Munguzá, Biscoito de Polvilho, Pipoca, Curau, Canjica, Quentão (bebida feita com pinga e gengibre ou vinho e canela), Batata Doce Assada, Bolo de Fubá, Bom-bocado, Broa de Fubá, Cocada, Bolo de Pamonha, Cajuzinho, Doce de Abóbora, Doce de Batata-Doce, Maria-Mole, Pastel Junino, Pé de Moleque, Pinhão, Quebra Queixo, Quindim, Rosquinhas de São João, Vinho Quente, Suspiro, Bolo de Pé de Moleque.

Vale a pena pegar as receitas de alguns pratos caso queira realizar um arraial, e participar dessa festa e quem sabe ganhar um bom trocado. Foi pensando nisso que trouxemos algumas das deliciosas receitas para vocês leitores do nosso blog.


Historia da Festa Junina: No Brasil

Festa Junina Brasil

Com a chegada da família real portuguesa ao Brasil, após fugirem de Napoleão, na Europa, as festas juninas tomaram novo rumo e se misturaram as costumes dos nativos. Apesar das festas juninas serem comemoradas em todo o Brasil, na região Nordeste as festas ganharam uma grande expressão sendo referência para todo o país atraindo milhares de turistas no mês junino.

As festas juninas são celebradas de um lado a outro do país, podemos dividi-la basicamente em dois tipos: as que acontecem na Região Nordeste e aquelas do Brasil caipira (baseadas em São Paulo, região norte do Paraná, região sul de Minas Gerais e Goiás). Possuindo elas diferenças e costumes bem diferentes.


Festa Junina Nordeste
As Festas Juninas são tradicionalmente nordestinas. A presença de grandes eventos nessa época é bem comum. Existe a disputa de quadrilhas na dança, a dança do personagem do Folclore brasileiro boi bumbá, e os nativos da região aproveitam a época para agradecer a Deus a vinda do período de chuvas, bastante escasso durante o ano, que é o que manterá o sustento das famílias dependentes da agricultura. Além de que ajudam a aquecer economicamente a região. Vamos encontrar também a presença de grupos festeiros que passam cantando e dançando pelas ruas das cidades sendo presenteados por comidas deixadas nas portas e janelas das casas pelos moradores. As mais conhecidas e tradicionais ocorrem em Campina Grande (PB) e Caruaru (PE) na qual existe uma pequena rivalidade entre os dois Estados para ver qual delas é a melhor.


Festa Junina Caipira Sudeste
Na região Sudeste são comuns a realização das quermesses, onde são quase sempre realizadas por igrejas, escolas, sindicatos e empresas. Nestas festas são montadas barracas dos mais variados tipos, onde encontramos brincadeiras como pesca, tomba-lata e comidas como milho verde e churrasco, quentão. Algumas festas mais elaboradas contam a apresentação de quadrilhas juninas que se apresentam no decorrer da festa.

Related Posts

0 Fala pra nóis o que ocê acho!:

Parceiros

Trivago Viagogo Logo Dafiti BR 120x60